Bem na Net Notícias





PUBLICADA EM 20 JULHO 2015 - 19:00 - ATUALIZADA EM 20 JULHO 2015 - 19:06

Em nota, Unimontes repudia acusações do prefeito

Ruy Muniz denunciou má gestão no Hospital Universitário

Em nota distribuída à imprensa nesta segunda-feira, a Reitoria da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) repudiou manifestações de injúria contra o Hospital Universitário Clemente de Faria. Mesmo sem se referir diretamente, o esclarecimento é uma resposta às acusações do prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, que classificou de "indecência, desonestidade e safadeza" a gestão do hospital, durante coletiva com jornalistas para falar sobre a possível perda da gestão plena de saúde do município para o Estado.
 
Muniz afirmou que o HU receberia R$ 32,4 milhões por ano do Governo do Estado para seu integral custeio, incluindo folha de pagamento, materiais hospitalares, gastos com energia, água e telefone, além de encargos sociais. E que ainda existiria um repasse anual de R$ 23,9 milhões do Fundo Municipal de Saúde, valor que, segundo o prefeito, não é bem investido. "Quero saber o que eles fazem com esse dinheiro?", questionou, irritado. "Eles são tão incompetentes que não conseguem gastar. Tem 12 milhões na conta do HU parados", completou.
 
O prefeito de Montes Claros também denunciou que o HU só teria cumprido 25 dos 120 dias de plantão de todas as clínicas no período de janeiro a abril, de acordo com fiscalização do município. "Quem trabalha no HU, podiam ser os doutores da Unimontes, professores maravilhosos. Mas lá só tem recém-formado", disse.
 
Foto: Arquivo/ HUFC
 
Leia na íntegra nota de esclarecimento da Unimontes:
 
"A Reitoria da Universidade Estadual de Montes Claros esclarece que, diante do processo de transferência parcial e temporária da gestão plena da saúde do município para o Estado, recomendada pelo Ministério Público Federal e pelo Ministério Público Estadual, o Hospital Universitário Clemente de Faria (HUCF), hospital-escola unidade operacional da Unimontes, continuará prestando o pleno atendimento à população, exercendo a sua missão profícua de assegurar a melhoria da saúde pública. 
 
O Hospital Universitário Clemente de Faria é genuinamente público sendo referência em toda a região do Norte de Minas com 500 mil procedimentos anuais. Contando com corpo funcional e equipe clínica altamente qualificados, o HUCF cumpre rigorosamente as obrigações administrativas, inclusive contratos e convênios, aprovados e referendados pelos responsáveis pela gestão da saúde pública no município, além dos órgãos de controle social. 
 
No HUCF, hospital 100% SUS, todos os recursos são devidamente aplicados. A história da Unimontes e do Hospital Universitário Clemente de Faria é construída através dos tempos com serviços prestados, sendo reconhecido como instrumento verdadeiro e ético em favor da universalização da saúde pública, formando profissionais capacitados da área de saúde e aplicando integralmente os recursos públicos em favor da população. 
 
Diante do exposto, a Reitoria da Unimontes e a direção do HUCF, juntamente com todo o seu corpo de servidores, médicos, professores, pesquisadores, enfermeiros, residentes, acadêmicos e demais colaboradores e a comunidade acadêmica, repudiam e refutam veementemente qualquer manifestação de injúria e inverdade ou tentativa de denegrir a imagem do Hospital Universitário, cuja gestão é pautada pelos princípios da ética, da honestidade, da lisura e da transparência".

Notícias relacionadas


Últimas coberturas

+ VEJA FOTOS DE OUTROS EVENTOS


+ LEIA TODAS AS NOTÍCIAS PUBLICADAS



Sites, Sistemas Web e Mobile em Montes Claros - MG Bem na net