Bem na Net Notícias





PUBLICADA EM 14 NOVEMBRO 2014 - 17:05 - ATUALIZADA EM 14 NOVEMBRO 2014 - 17:06

Forças da Segurança Pública de Montes Claros apresentam reivindicações

Construção de novo Batalhão do Corpo de Bombeiros é uma das demandas

A construção do novo Batalhão do Corpo de Bombeiros, da sede da Delegacia Regional de Polícia Civil, da Apac, e a conclusão do Posto de Polícia Integrada, que abrigará em um mesmo complexo o Instituto Médico Legal, a Perícia Técnica e o setor de inteligência são as prioridades reivindicadas pelo setor de segurança pública de Montes Claros junto ao governador eleito Fernando Pimentel, que assume em janeiro do ano que vem.
 
Os comandantes da Polícia Militar na região, Coronel César Ricardo, e do Corpo de Bombeiros, Major Waldecir Gouveia; o delegado chefe da Polícia Civil, Rogério Evangelista, e os presidentes da Câmara Técnica de Segurança do Conselho de Desenvolvimento de Montes Claros, vereador Cláudio Prates, e do Conselho Municipal de Álcool e outras Drogas, Antônio Augusto Tavares, se reuniram com os deputados Tadeu Martins Leite e Paulo Guedes, que são da base do novo governo, e solicitaram deles gestões no sentido de agilizar estas medidas, que eles consideram vitais para melhorar a segurança pública no município e região.
 
Foto: Luís Alberto Caldeira
 
Destes projetos, o que está mais adiantado é a construção do Batalhão do Corpo de Bombeiros, que já possui garantidos recursos de 3 milhões e 500 mil reais no orçamento do Estado. A permuta, com o município, de um terreno próximo ao Exército, está sendo agilizada. Já em relação ao prédio da Delegacia Regional da Polícia Civil, já existe o terreno definido, e a intenção é garantir os recursos para a construção. Outro projeto que demanda uma intervenção do Governo do Estado é a adaptação da estrutura do Instituto Médico Legal, que deverá receber ainda o setor de perícia especializada, aumentando assim o potencial de investigação da Polícia Civil.
 
O deputado Tadeu Martins Leite lembrou que o novo governador terá, como um dos seus principais desafios, que reestruturar as polícias Militar e principalmente Civil, prejudicadas nos últimos anos pela falta de investimentos. “Esta reestruturação passa não só pelas obras físicas e equipamentos, mas principalmente pela melhoria das condições de trabalho e salariais das duas corporações”, destacou o deputado, que se comprometeu a defender os interesses da segurança pública regional junto ao novo governo.
 
Assessoria de Imprensa

Notícias relacionadas


Últimas coberturas

+ VEJA FOTOS DE OUTROS EVENTOS


+ LEIA TODAS AS NOTÍCIAS PUBLICADAS



Sites, Sistemas Web e Mobile em Montes Claros - MG Bem na net