Opinião





Luís Alberto Caldeira

Jornalista, editor do site Bem na Net. Bacharel em Comunicação Social pela PUC Minas. Pós-graduado em Comunicação Digital.
 

Meio-passe: o filme se repete

28 MARçO 2008

Há três grupos de interesse aos quais devemos relacionar a discussão do meio-passe estudantil. Para quem o benefício irá chegar, quem será onerado por isso e quem quer se aproveitar individualmente do projeto.

O que começou como um ideal no início da década de 90, em Montes Claros, transformou-se em bandeira política para preservar uma cadeira na câmara municipal. Às gerações que passaram – que também lutaram pela causa – e testemunharam a rejeição do meio-passe pelas administrações que se seguiram desde aquela época (atendendo lobby das empresas de transporte coletivo urbano), causa orgulho assistir de novo manifestação pela aprovação do projeto, mas, ao mesmo tempo, estranhamento por acontecer coincidentemente (e outra vez) próxima a um processo eleitoral, organizada por partido afim, o que não só ignora a inteligência alheia como explora a consciência política do jovem que chega ao seu primeiro voto.

Por outro lado, se fosse de real interesse de nossos representantes, em especial a atual administração Athos Avelino (para qual voltamos as atenções a partir da mobilização estudantil vista quinta-feira, 27 de março), já decorridos três anos de governo, tendo em vista a conhecida demanda de milhares de interessados e os benefícios que trará tal projeto, deveria ter existido antes a boa vontade de partir espontaneamente do executivo proposta para encerrar o assunto e atender ao pedido dos estudantes. Mais recentemente, não foi cumprida promessa e o meio-passe ficou de fora também da licitação do transporte público.

Foi necessária mais uma movimentação na prefeitura.

Após debate entre representações estudantis e o município, entre as presenças, do outro lado da mesa, do presidente da Transmontes José da Conceição e do vice-prefeito Sued Botelho (e neste aspecto, é creditado louvor à prefeitura por abrir suas portas ao estudante, mesmo que sob pressão), ficou decido que haverá, desta vez, explanação de um anteprojeto ao prefeito Athos Avelino na próxima terça-feira, 1º de abril (acredite se quiser), e que após um prazo de 45 dias (o tempo pedido foi de 60 dias, e reduzido após negociação com os presentes) será realizada audiência para apresentação de contraproposta.

Da parte dos colegiais, deverá partir antes documento oficial com todas as reivindicações. Entre elas, provavelmente constará a exclusão do critério da renda para definição de quem poderá usufruir dos benefícios futuros. A distância mínima de 1 quilômetro entre a residência do estudante e sua escola deverá ser exigência mantida no projeto em tramitação do vereador Lipa Xavier – PCdoB.

Independente de sigla partidária, o meio-passe estudantil (nacionalmente se discute o passe livre) é um ideal nobre. A maior crítica ao projeto dá conta de que, ao exonerar um grupo de pessoas, deve-se onerar o restante da população. Ou seja, a conta seria paga pelo povo, como de praxe no Brasil. Mas se este for o único argumento para não aprovar o projeto, já que as empresas licitadas de transporte público nunca aceitarão tal despesa sem repassar os custos, por que não procurar outros caminhos?

Que sirva de sugestão para os órgãos de representação estudantil – UEE, UJS, JPT, UCMG, UNE, DCE UNIMONTES – e para o poder público, que redigirão os próximos passos, o uso de parte dos recursos arrecadados pela Área Azul e pela "indústria de multas". O próprio José da Conceição aceitou, em resposta ao Bem na Net, negociar a publicidade da traseira dos ônibus para fins de auxílio ao meio-passe.

A prefeitura poderia fazer a sua parte ainda subsidiando o projeto a partir do corte de gastos desnecessários, como, por exemplo, em propagandas institucionais. Somente em 2008, de acordo com orçamento aprovado para este ano, estão previstos para serem torrados dois milhões e 380 mil reais em divulgação das obras da administração.

Sempre cordial, o vice-prefeito Sued Botelho, também em retorno a este jornalista, ressaltou que os gastos dos governos anteriores foram muito superiores ao do atual. Não possuímos os números, mas creditamos boa fé às suas palavras e, não obstante, continuamos a fazer campanha para que este custo com publicidade ainda possa ser reduzido. Há formas de investimento mais baratas e de alcance igual à população. Afinal, o dinheiro é público.

Leonardo Grilo, representante da coordenadoria da juventude da prefeitura de Montes Claros, também trouxe sugestões ao Bem na Net. Citou o investimento no transporte coletivo, o que, segundo ele, a atual administração tem realizado, como caminho para o aumento do número de usuários do sistema, o que, por conseguinte, aumentaria a receita das empresas responsáveis por oferecer o serviço e diminuiria a devolução dos custos do meio-passe à população. Aplaudimos suas colocações, pois quanto mais cômodo estiver o lotação, desde o cumprimento de horários, número suficiente de carros, acessibilidade e conforto, mais estímulo terá a população para usá-lo mais. Apesar de que – entendemos – quem tem condições financeiras melhores dificilmente abandonará o uso de seu veículo próprio.

Sem demagogia, as sugestões para se colocar em prática o meio-passe estão aí. Enquanto lembranças como as dos dizeres "PASSE LIVRE JÁ" pichados durante anos no muro da Escola Normal (até serem apagados) correm como cenas do passado, aguardamos a gravação das próximas imagens deste filme. E que chegue logo ao seu final feliz.

Anjos de Resgate dia 22 de junho em Moc

12 MARçO 2008

Um dos maiores fenômenos da música católica do Brasil vai voltar a Montes Claros. A banda Anjos de Resgate será a atração principal do palco do Trinidad Show, que, em 2008, acontece no primeiro semestre do ano.

Esta é a nona edição do evento, que já trouxe à cidade nomes como Adriana, Celina Borges e a banda Dominus. A realização tem a assinatura da família de jovens Jebuc – Juventude estudantil em busca de Cristo. O grupo, ligado à Paróquia São Sebastião de Montes Claros, existe há 18 anos e guarda a missão de evangelizar e acolher espiritualmente o próximo.

O Trinidad Show 9 está agendado para o dia 22 de junho, domingo, a partir das 17 horas, no Ginásio Poliesportivo e contará ainda com adoração ao Santíssimo com Frei Valdo e apresentações do ministério de música Jebuc e da banda de pop rock cristão Dr. Ignis, de São Paulo.

Anjos de Resgate

O grupo é formado por Dalvimar Gallo, Eraldo Mattos, Marcelo Duarte e Maikon Maximo. Resgatar corações é o propósito desse pessoal. Realizando uma média de 120 shows por ano, a banda Anjos de Resgate percorre o Brasil lotando casas de shows por onde passa. Atualmente, conta com 5 CDs gravados, além de um DVD, e o registro de mais de meio milhão de cópias vendidas. Apesar de todo esse sucesso comercial, o objetivo vai mais além: fazer da música um instrumento de conversão para muitos corações.

O esporte montes-clarense do passado e do presente se reúne na próxima segunda-feira, dia 17, no Automóvel Clube de Montes Claros, para colocar em jogo a 6ª edição do Troféu Bola Cheia. Na oportunidade, serão premiados os atletas que se destacaram em 2007. Os ex-jogadores Joãozinho e Paulo Isidoro são algumas das presenças ilustres já confirmadas. Agradecemos convite enviado pelo colega de O Norte Heberth Halley...

. . . . . . . . . . . . . . . . . .

...Dezenas de manifestações chegaram semana passada ao Bem na Net contrárias ao Ensaio do Axé Brasil em Moc e ao Espaço Folia – alguns com fundamento e outros originados da intriga da concorrência – dando conta da distância do local (localizado após o BNB Clube), da falta de segurança e do preço do ingresso. Mas após a realização da folia, o medo do desconhecido passou e o que ficou foi a imagem de sucesso da primeira festa de axé do ano, realizada pela Star Promoções, em parceria com a DM, de Belo Horizonte...

. . . . . . . . . . . . . . . . . .

...Com 10 mil m², completamente asfaltado e longe dos ouvidos dos fiscais da secretaria de meio ambiente, o novo espaço de festas é uma mina de ouro arrendada pelo empresário Vinícius Versiane, e surge para elevar as micaretas de Montes Claros à maturidade. Com algumas adequações, como a construção de uma estrutura física para banheiros (em vez de químicos) e muros no perímetro do local, não existirá lugar melhor para a realização de grandes eventos. O Ensaio do Axé foi só o primeiro...

. . . . . . . . . . . . . . . . . .

...O próximo é o Axé Montes, em setembro...

. . . . . . . . . . . . . . . . . .

...Antes, vale arrumar as malas para curtir o Axé Brasil dias 4 e 5 de abril em Belo Horizonte. De Montes Claros, sai excursão especialmente para o evento. Mais informações clicando aqui ou através do telefone (38) 3215-7350...

. . . . . . . . . . . . . . . . . .

...Em Pirapora, os foliões aguardam a quarta edição da Micareta do Sol, prevista para acontecer de 18 a 20 de julho na área de eventos da Avenida Salmeron. Jammil, Banda Eva, Psirico e Bafafá agitam o público...

. . . . . . . . . . . . . . . . . .

...Tem início nesta quarta-feira os shows de encerramento da Unicalourada. Até sexta-feira, seis atrações se apresentam no campus da Unimontes em Moc...

. . . . . . . . . . . . . . . . . .

...Dia 17 de maio, a banda Virô Mania, o swingão da massa, comemora 3 anos e grava DVD durante festa no sítio Recanto do Paraíso...

. . . . . . . . . . . . . . . . . .

...Depois de sucessos como "Namorar pelado", "Sou feio mas tou na moda", "Zumbizeira" e o mais recente "Piriguete", o mineiro fenômeno da Bahia, MC Pelé lançou no último fim-de-semana em Montes Claros sua nova música de trabalho: "Tô de férias". Nos próximos dias, você confere uma entrevista exclusiva com ele aqui no Bem na Net. Obrigado pela sua leitura e até a próxima coluna!

Últimas coberturas

+ VEJA FOTOS DE OUTROS EVENTOS


+ LEIA TODAS AS NOTÍCIAS PUBLICADAS



Sites, Sistemas Web e Mobile em Montes Claros - MG Bem na net